Avançar para o conteúdo principal

Depois do arrebatamento nao havera segunda chance?


            Para quem já assistiu aos vídeos sobre arrebatamento sabe que Jesus virá duas vezes: no arrebatamento, que ocorrerá num piscar de olhos e no que chamamos de aparição de Cristo onde ele virá reinar com poder e grande gloria. Hoje faremos uma introdução sobre o que vai acontecer na Terra após o arrebatamento da Igreja. E caso você não saiba como vai se dar o arrebatamento poderá assistir ao vídeo abaixo:

Bem, vamos ver primeiro o que ocorrerá na Terra:


Quando a vinda do Senhor acontecer, todos aqueles que não O conhecem como seu Salvador serão deixados para trás na Terra para entrarem no período da tribulação (Mt 25:10-12). O “evangelho da graça de Deus” (At 20:24), que promete a todo aquele que n’Ele crer ser justificado de todas as coisas e tornado membro do corpo de Cristo (a Igreja), não será mais pregado, pois aqueles que o pregavam terão sido tomados para o céu no Arrebatamento. Aqueles que tiverem conscientemente rejeitado essa grande salvação nunca terão outra oportunidade de serem salvos. Pois, Deus enviará a operação do erro:


"E por isso Deus lhes enviará a operação do erro, para que creiam a mentira; Para que sejam julgados todos os que não creram a verdade, antes tiveram prazer na iniquidade".2 Ts 2:11 Deixarei o vídeo sobre operação do erro na descrição. Aqueles que não ouviram a palavra ainda terão oportunidade, mas aqueles que o rejeitaram, não terão outra chance. 


Nesse cenário o mundo vai de mal a pior, pois duas forças que Deus colocou neste mundo para restringir o curso do mal, serão removidas no período de sete anos da tribulação. O primeiro,“Aquilo que o detém” (2 Ts 2:6 – TB) são os governos nas mãos dos homens que serão removidos gradualmente à medida que a tribulação avança e toda a aparência de retidão será abandonada.  E o Segundo“Aqu’Ele que agora o detém”, é muito provavelmente uma referência à Pessoa do Espírito Santo que Atualmente, reside na Terra tendo a Igreja como Sua habitação (Jo 14:17; 1 Co 3:16; Ef 2:22), mas quando a Igreja for chamada ao céu no Arrebatamento, o Espírito de Deus terá “ido” (JND) da Terra nesta atual atividade. (Isso não significa que o Espírito de Deus deixará de trabalhar na Terra, mas Ele operará do céu com eles vivificando almas assim como fez nos tempos do Velho Testamento).

O resultado disso permitirá que os homens tenham a Terra como desejavam – sem os padrões morais de Deus. Consequentemente, eles provarão o fruto amargo de suas más ações.


Já nos céus, será maravilhoso:


Seremos recebidos. O Senhor guiará os Seus santos, que Ele levou no Arrebatamento até a “casa do Pai” nos céus (Jo 14:2-3; Hb 2:13). Após haver levado o Seu povo para a “casa do Pai” nas alturas, o Senhor os assentará à Sua mesa e os servirá de alegria celestial e gozo indescritível (Lc 12:37). Haverá também o tribunal de Cristo, onde os crentes receberão o galardão, e as bodas do cordeiro. Caso queira saber o que são as bodas pode assistir esse vídeo:





Comentários

Mensagens populares deste blogue

A mulher santifica o marido? O que significa Santificação relativa ou provisória?

  No último vídeo explicamos que santidade significa  “ser separado”, separado para Deus. Explicamos também que existem basicamente 3 conceitos de santificação.  Santificação absoluta ou posicional que é a santificação obtida por cristo na cruz, tornamo-nos santos a partir do momento que o aceitamos. Essa santificação, não se perde e nem pode ser melhorada. Há também a Santificação progressiva ou prática que é resultado de o crente buscar aperfeiçoar a santidade em sua vida de forma prática. É um exercício diário e contínuo na vida do crente. Para que você possa compreender melhor eu fortemente recomendo que assista a esse vídeo: E hoje trataremos do terceiro tipo que é Santificação relativa ou provisória.   Esse aspecto da santificação tem a ver com pessoas sendo colocadas em um lugar limpo na Terra por meio da separação, sem necessariamente ter um trabalho interior de fé em sua alma. Ou seja, a pessoa ainda que não creia em cristo pode ser santificada, isto é, separada provisoriamen

5 provas de que A igreja não passará pela Grande tribulação? |Estudo da Grande Tribulação PART 2|

Guerras e rumores de guerras..., nação contra nação, reino contra reino, e haverá fome e terremotos em vários lugares… sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome.  Esse é um recorte de Mateus 24, o texto fala da grande Tribulação. OK, mas afinal o que é a grande tribulação? Para resumir A “grande tribulação” (Mt 24:21) Também é chamada de “a angústia de Jacó” (Jr 30:7), “o tempo de angústia” (Dn 12:1), e “a hora da tentação” (Ap 3:10) é um período de 1.260 dias (Ap 11:3, 12:6) e refere-se à terrível perseguição que será dirigida ao fiel remanescente judeu durante a segunda metade da 70ª semana de Daniel (Dn 9:27). Ok mas vc está dizendo que os crentes não passarão por esse período Terrível? Exatamente e aqui vão 5 motivos pelos quais a igreja não vai passar pela grande tribulação onde o 5º motivo é exatamente as 70 semanas de Daniel.  Arrebatamento x aparição de Cristo. Vejamos esses dois versículos: Mat 24:30  Então, aparecerá no céu o

Panorama do livro de RUTE |esboçando a bíblia|

  Você sabe, a bíblia é uma coleção de livros que podem ser dividido em categorias. Os primeiros 5 livros se chamam pentateuco que é uma expressão grega que significa "cinco rolos" ou cinco livros mesmo, já estudamos todos esses e vc pode encontrá-los na playlist que estará nos cards e descrição.  A próxima categoria é chamada de livros históricos. E porque se chamam assim?  Porque contam a história de Israel. Mas, na verdade, a história dos Hebreus já estava sendo contada desde o Pentateuco então a melhor definição é que eles se chamam históricos porque contam a história de Israel a partir da chegada em Canaã.   Entre os históricos estudamos o livro de Josué e no último vídeo fizemos o panorama do Livro dos Juízes, você também pode encontrá-los nos cards bem como na descrição do vídeo. Nesse vídeo de Juízes Mencionamos que foi tempos de ruína para Israel. Eles tinham acabado de entrar na terra prometida e deram as costas para as ordenanças de Deus e não expulsaram os povos d