Avançar para o conteúdo principal

Panorama do livro de JOSUÉ |esboçando a bíblia|




Você sabe, os livros da bíblia de modo geral não apresentam os acontecimentos de forma cronológica, ou seja, em uma sequência de acordo com o tempo que os fatos ocorreram, mas até o livro de segunda reis os eventos são sim, cronológicos.


É por isso que o livro de Josué começa exatamente onde termina o livro de Deuteronômio e você pode conhecer os acontecimentos que trouxeram o povo até a entrada de Canaã nessa playlist com os panoramas dos livros da bíblia. Tendo Moisés morrido, é Josué homem valente que sempre esteve ao lado de Moisés, é quem, por indicação divina (Nm 27:18-23, Dt 1:38, 3:28), agora leva os filhos de Israel à terra prometida – “à terra que Eu dou” (Josué 1:2). Não era para o legislador Moisés trazê-los para à terra de Canaã como você pôde ver no vídeo sobre o livro Números. E assim como Números, o livro de Josué é um paralelo direto a caminhada Cristã enfrentando percalços e dificuldades até alcançar a nossa Terra prometida, o céu. E se você é Cristão sabe percalços e dificuldades é que não faltam na caminhada Cristã.


Josué era filho de Num, da tribo de Efraim foi primeiramente chamado de Oséias, הושע, (Números 13.16), que significa salvo, um Salvador, ou a salvação; mas depois, Moisés, guiado sem dúvida, através dum espírito profético, mudou seu nome para Yehoshua ou Josué, que significa aquele que deve salvar, ou “Jeová é salvação”. Além disso, o equivalente de Josué no grego é Jesus. E A expressão: “Nenhum se susterá diante de ti, todos os dias da tua vida” (Js 1:5) é o próprio Deus falando à Josué. E atualmente Tal como aconteceu com os filhos de Israel, temos Um em cuja força estamos: “fortalecei-vos no Senhor e na força do Seu poder” (Ef 6:10). 


Isso faz de Josué, uma bela tipificação de Cristo, não que o Senhor desça em pessoa para conduzir o seu povo ao céu, mas ele guia os crentes pelo poder do Espírito Santo, que age e habita no meio deste povo. No entanto, em Josué, como em todas as outras tipificações, são encontrados aqueles erros e pecados que revelam a fraqueza do instrumento e a fragilidade do vaso no qual, naquele momento, Deus condescendeu em colocar Sua glória. Essas fraquezas obviamente não são encontradas em Cristo o que nos deixa em uma posição muito mais abençoada que o povo de Israel estava.


O livro de Josué conta a história de Israel na travessia do Jordão, suas conquistas sobre as nações e a divisão da terra entre as doze tribos. É geralmente aceito que o Livro de Josué consiste em duas seções. A primeira, Josué 1-12, dá o registro da conquista da terra; a segunda, Josué 13-24, da distribuição da terra entre as tribos.


Fazendo um esboço, nos primeiros 2 capítulos do livro de Josué nós temos a preparação para entrada na terra de Canaã. Em Deuteronômio, assista nosso vídeo sobre Deuteronômio links no cards e descrição, eles estavam na planície dos moabitas e é de lá que eles saem chegando até Sitim (caps. 1-2), mas antes de atravessar o rio Jordão Josué envia espias para espiar a primeira cidade a ser conquistada, Jericó, o problema é que os espias foram descobertos, mas uma mulher chamada Raabe que era prostituta já tinha ouvido a história de como o Deus dos hebreus os havia tirado do Egito. Ela creu em Deus e por fé os escondeu e acabou salvando assim, a vida desses homens. Mais a frente vemos que ela e sua família foram poupados e essa mulher, independentemente de sua vida passada, foi salva da destruição da cidade e ainda acabou fazendo parte da linhagem de Jesus. Essa foi uma maravilhosa amostra da graça de Deus no velho testamento.


Após o retorno dos espias vemos no caps. 3-4 a travessia do rio Jordão Enquanto a passagem pelo Mar Vermelho tipifica a morte de Cristo para o crente, a passagem pelo Jordão tipifica a morte do crente com Cristo e a sua ressurreição com Ele. O Jordão não é sobre do que fomos libertados, mas a que fomos trazidos. É uma figura da ressurreição e sua aplicação é encontrada no livro de Colossenses. “Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo… portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus” (Cl 2:20, 3:1).; 


No capítulo 5 Vemos que a primeira coisa ao entrar na terra foi que os homens deveriam ser circuncidados: isso foi feito em Gilgal na Terra prometida e não no deserto. Nosso Gilgal é encontrado em Colossenses 3:5, "Vós estais mortos ... mortificai, pois, os vossos membros que estão sobre a terra." “Mortificai pois”. Não diz “morra para o pecado”. “Mortificar” é poder ativo; repousa no poder daquilo que já é verdade para a fé: “já estais mortos” (Colossenses 3:3), “mortificai pois” (Cl 3:5). Em outras palavras se você creu em Cristo você adquire o poder para resistir ao pecado e você deve mortificar a carne, lutar contra o pecado diariamente.


Nos capítulos 6-12 vemos as conquistas do povo de Israel. Começando por Jericó que foi destruída e amaldiçoada. Jericó é uma tipificação de um mundo sob Satanás que se opõe ao Senhor, foi a primeira cidade tomada, e a maneira de sua destruição mostrou claramente que o poder para a conquista estava realmente em Jeová, Deus disse que tudo estava amaldiçoado e deveria ser destruído, e uma maldição deveria repousar sobre o homem que reconstruísse a cidade. Nós já fizemos um vídeo em que explicamos com detalhes como a muralha caiu, link nos cards e descrição.  Podemos dividir essas conquistas em duas campanhas a campanha do sul em que Israel conquista a cidade de Ai passando por diversas outras cidades até os arredores de Gaza. Depois eles retornam a Gilgal onde começam a campanha do norte conquistando até Hazor passando primeiro por Sidon. Nesse trajeto não houve apenas vitórias, pois as falhas do povo em confiar em suas próprias mãos, ao invés do braço forte de Deus, podem ser encontradas em diversas ocasiões.



Após as conquistas temos a divisão da terra entre as tribos de Israel nos caps. 13-22; Mas o que eram as tribos de Israel e como se deu essa divisão?


Bem tudo isso começa lá atrás, em gênesis. Jacó (que teve seu nome mudado para Israel, (daí vem o nome da nação de Israel) teve 12 filhos: Rúben, Simeão, Levi, Judá, Dã, Neftali, Gade, Aser, Issacar, Zebulom, José e Benjamim. 


Cada um dos filhos de Jacó deu origem a um Clã. Ah... então a terra foi divida entre esses clãs certo? sim e não. Veja, A leste ficaram as tribos Judá, Benjamin Efraim Isacar Zebulon Nafitalí, Aser, Simeão e Dan. E a oeste ficaram as tribos de Rubén, Gade e Manassés na realidade atribo de manassés recebeu porções de Terra dos dois lados do Jordão.


Mas como você pode perceber onde estão as tribos de Levi e de José? Bem essas duas famílias ou Clãs são famílias especiais, pois receberam bençãos especiais. José foi instrumento de Deus para salvar sua família e devido a isso ele recebeu porção dobrada, isto é, ao invés de ter apenas uma tribo ele ganha 2 tribos através de seus filhos manassés e Efraim, aliás Efraim era a tribo a que pertencia Josué. Já a tribo de Levi recebeu a benção ainda mais especial. Ao invés de receber uma porção de terra, eles foram abençoados lá atrás no episódio do bezerro de ouro por ser a única tribo a se manter fiel a Deus. Eles receberam, por isso, a responsabilidade de cuidar do templo, da adoração e das coisas da Lei. Assim, os levitas e sacerdotes de Israel só poderiam ser descendentes de Levi. Então como você pode perceber podemos falar que o número oficial são 13 tribos ao invés de 12, mas 12 tribos é o número comumente atribuído já que duas dessas tribos, Efraim e Manassés tem mesma origem em José.


Bem, finalmente, nos dois últimos capítulos, Josué reúne os líderes do povo, passa diversas instruções sobretudo para que honrem e temam ao Senhor e Finalmente o Senhor a chama para o descanço, ele falece, pois, a sua missão na Terra havia chegado ao fim (caps. 23-24). 


E assim é onde termina o panorama de Josué. Dúvidas e sugestões nos comentários, se inscreva no canal, fique com Deus, até mais!


Comentários

Mensagens populares deste blogue

A mulher santifica o marido? O que significa Santificação relativa ou provisória?

  No último vídeo explicamos que santidade significa  “ser separado”, separado para Deus. Explicamos também que existem basicamente 3 conceitos de santificação.  Santificação absoluta ou posicional que é a santificação obtida por cristo na cruz, tornamo-nos santos a partir do momento que o aceitamos. Essa santificação, não se perde e nem pode ser melhorada. Há também a Santificação progressiva ou prática que é resultado de o crente buscar aperfeiçoar a santidade em sua vida de forma prática. É um exercício diário e contínuo na vida do crente. Para que você possa compreender melhor eu fortemente recomendo que assista a esse vídeo: E hoje trataremos do terceiro tipo que é Santificação relativa ou provisória.   Esse aspecto da santificação tem a ver com pessoas sendo colocadas em um lugar limpo na Terra por meio da separação, sem necessariamente ter um trabalho interior de fé em sua alma. Ou seja, a pessoa ainda que não creia em cristo pode ser santificada, isto é, separada provisoriamen

5 provas de que A igreja não passará pela Grande tribulação? |Estudo da Grande Tribulação PART 2|

Guerras e rumores de guerras..., nação contra nação, reino contra reino, e haverá fome e terremotos em vários lugares… sereis atribulados, e vos matarão. Sereis odiados de todas as nações, por causa do meu nome.  Esse é um recorte de Mateus 24, o texto fala da grande Tribulação. OK, mas afinal o que é a grande tribulação? Para resumir A “grande tribulação” (Mt 24:21) Também é chamada de “a angústia de Jacó” (Jr 30:7), “o tempo de angústia” (Dn 12:1), e “a hora da tentação” (Ap 3:10) é um período de 1.260 dias (Ap 11:3, 12:6) e refere-se à terrível perseguição que será dirigida ao fiel remanescente judeu durante a segunda metade da 70ª semana de Daniel (Dn 9:27). Ok mas vc está dizendo que os crentes não passarão por esse período Terrível? Exatamente e aqui vão 5 motivos pelos quais a igreja não vai passar pela grande tribulação onde o 5º motivo é exatamente as 70 semanas de Daniel.  Arrebatamento x aparição de Cristo. Vejamos esses dois versículos: Mat 24:30  Então, aparecerá no céu o

Panorama do livro de RUTE |esboçando a bíblia|

  Você sabe, a bíblia é uma coleção de livros que podem ser dividido em categorias. Os primeiros 5 livros se chamam pentateuco que é uma expressão grega que significa "cinco rolos" ou cinco livros mesmo, já estudamos todos esses e vc pode encontrá-los na playlist que estará nos cards e descrição.  A próxima categoria é chamada de livros históricos. E porque se chamam assim?  Porque contam a história de Israel. Mas, na verdade, a história dos Hebreus já estava sendo contada desde o Pentateuco então a melhor definição é que eles se chamam históricos porque contam a história de Israel a partir da chegada em Canaã.   Entre os históricos estudamos o livro de Josué e no último vídeo fizemos o panorama do Livro dos Juízes, você também pode encontrá-los nos cards bem como na descrição do vídeo. Nesse vídeo de Juízes Mencionamos que foi tempos de ruína para Israel. Eles tinham acabado de entrar na terra prometida e deram as costas para as ordenanças de Deus e não expulsaram os povos d